Pathway, o caminho para ingressar no college ou universidade e imigrar para o Canadá

Para ingressar num college ou universidade canadense é preciso comprovar a fluência no inglês. E para isso existem duas formas, fazer um teste de proficiência ou um Pathway. Nesse artigo vamos falar um pouco das vantagens e desvantagens de cada opção, além de explicar mais detalhes sobre o Pathway.

Testes de Proficiência

Os testes de proficiência mais comuns são TOEFL (Test of English as a Foreign Language) e IELTS (International English Language Testing System). Esses testes são divididos em módulos e testam a habilidade do estudante em Reading, Listening, Writing e Speaking. Cada instituição tem uma nota mínima exigida para que os alunos internacionais possam realizar a matrícula. Geralmente para o IELTS é preciso ter um overall score de 6.5 e nenhuma nota abaixo de 6.0 em cada módulo. Para o TOEFL, em média a nota deve ser um overall score de 83, e mínimo de 20 em cada habilidade. Para atingir a nota que a maioria das instituições exige, é preciso se dedicar e estudar bastante.

No Brasil, o custo da prova de TOEFL é US$215 e o IELTS é R$840 (valores de Setembro de 2018). Muita gente escolhe investir em cursos preparatórios, elevando ainda mais esse custo. E há sempre o risco de não atingir a nota exigida, voltando a estaca zero e tendo que desembolsar novamente as taxas para realizar outra prova.

O que é Pathway?

Mas existe outra solução para quem não quer fazer um teste de proficiência ou ainda não atingiu o nível de inglês necessário para passar no teste, o Pathway.

Esse é um curso que tem o objetivo de preparar estudantes internacionais para colleges e universidades canadenses. Além de melhorar o inglês, o programa permite que o estudante se familiarize com o estilo de aprendizagem do Canadá. As instituições de pós ensino médio daqui esperam que o aluno aprenda de uma forma mais independente e já chegue em sala de aula com algum conhecimento do conteúdo. As aulas focam em conversação, leitura e principalmente escrita. Os alunos irão aprender a preparar trabalhos, apresentações, artigos e inclusive técnicas de como estudar. Ou seja, tudo que será pedido em sala de aula no college ou universidade.

A grande vantagem do Pathway em relação aos testes de nivelamento mencionados acima é que o aluno vai se desenvolver durante o curso. E no fim, se atingir todos os requisitos do programa não precisará fazer nenhum outro teste para comprovar sua proficiência em inglês. Por isso, como o próprio nome diz, o Pathway é o caminho para o college ou universidade. O programa é indicado para aqueles que possuem um nível de fluência intermediária ou querem melhorar suas habilidades acadêmicas. Não é indicado para quem tem um nível baixo de inglês.

Os programas de Pathway são oferecidos em escolas de idiomas e algumas universidades.

Quanto tempo de Pathway é necessário?

Quanto maior for o nível de inglês do aluno, menos tempo de Pathway ele vai fazer. O tempo mínimo é 2 ou 3 meses, dependendo da escola.

Antes de se matricular no Pathway será preciso determinar o nível de proficiência do aluno. Para quem ainda está no Brasil, as escolas e agências de intercâmbio usam testes online de múltipla escolha e até entrevistas por telefone. Porém essa avaliação é apenas uma estimativa.

O nível real do aluno e o tempo de Pathway que vai precisar cursar, será definido num teste de nivelamento feito na escola, quando ele chegar no Canadá. Esse prazo será o oficial e precisará ser cumprido, mesmo que seja maior do que o tempo estimado.

Portanto mesmo depois de ter realizado o teste online, é importante continuar estudando e se aperfeiçoando até chegar no Canadá e fazer o teste definitivo.

Pathway

Matrícula no College

Quando o aluno se matricula no Pathway, ele já pode também aplicar para o college. E se for aceito receberá uma carta de aceitação condicional. Isso significa que ele foi aceito no college mas precisará terminar o Pathway para poder iniciar o curso.

Por esse motivo, é importante que o aluno conclua o Pathway bem antes da data de início das aulas. Após a conclusão do curso você receberá o certificado e deve apresentá-lo na instituição de ensino para provar que está apto a cursar.

Vale ressaltar que a carta de aceitação do college não garante o visto. Tudo vai depender da análise feita pelo Departamento de Imigração canadense.

Tipo de visto para cursar o Pathway no Canadá

Se o programa tiver menos de 24 semanas não é necessário aplicar para um visto de estudos, pode pedir apenas um visto de turista. Quem já teve um visto canadense aprovando nos últimos 10 anos ou tem um visto americano válido pode pedir uma Electronic Travel Authorization (eTA) pela internet e vir para o Canadá como turista. Após o término do Pathway é possível trocar o status para estudante para poder iniciar o college.

Se a duração do Pathway for maior do que 6 meses o aluno fica obrigado a pedir um visto de estudante. E na hora de iniciar o college será preciso solicitar uma extensão desse visto.

Posso trabalhar durante o Pathway?

Essa é uma dúvida frequente de quem planeja fazer cursos de idiomas ou Pathway no Canadá. Infelizmente a resposta é não. Apenas estudantes de colleges ou universidade podem trabalhar, a partir do primeiro dia de aula. A carga horária máxima permitida ao estudante é de 20h por semana durante o período de aulas e 40h semanais nas férias.

Tem diferença se eu fizer college público ou particular?

Se o aluno estiver cursando um college público, o cônjuge também receberá um Open Work Permit e poderá trabalhar full-time, ao contrário do college particular onde só o estudante recebe. Imagine a diferença que vai fazer no seu planejamento financeiro ter mais uma pessoa trabalhando durante a estadia para ajudar nos custos.

Além disso, quem estuda em college público, pode ficar no país após a conclusão do curso, como trabalhador full- time. O tempo de permanência, concedido pelo Departamento de Imigração, dependerá da duração do curso, podendo ser até 3 anos para cursos com duração de 2 anos ou mais.

Ficou confuso? Nós explicamos. Por exemplo, se o curso for de um ano, o aluno e cônjuge poderão ficar mais um ano trabalhando. Se for de dois anos eles poderão ficar até três anos, totalizando cinco anos de permanência no país com permissão de trabalho para os dois. Essa formação e experiência adquirida no país vai somar pontos essenciais numa futura aplicação para residente permanente. Por isso é que muitas pessoas estão escolhendo esse caminho para imigrar para o Canadá.

Quer saber mais sobre vistos e processos de imigração para o Canadá relacionados a estudos? Então marque uma consultoria conosco, nós estamos aqui para ajudar e esclarecer todas as suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *